quinta-feira, 17 de maio de 2012

Principais perguntas sobre Homossexualidade




1.O que é a homossexualidade?


É a atração sexual dirigida fundamentalmente para indivíduos do mesmo sexo. 

2.Quem é considerado homossexual?

Um individuo que sente atração sexual fundamentalmente por pessoas do mesmo sexo é um individuo homossexual. Uma mulher que é sexualmente atraída principalmente por mulheres é chamada Lésbica. Um homem que se sente sexualmente atraído por outros homens é Homossexual (gay). 

3.Ter sentimentos para com alguém do mesmo sexo faz desse alguém homossexual?

Não. Muitos Meninos e meninas, durante a primeira infância, e mesmo adolescência, sentem atração sexual e chegam mesmo a ter experiências de como homossexual, mas não são gays nem lésbicas. Muitos adultos também sentem atrações ou têm experiências do tipo homossexual, sem que se considerem eles próprios gays ou lésbicas. 

4.O que determina a orientação sexual de alguém?

Não é ainda conhecida a causa da homossexualidade ou heterossexualidade. Uma das teorias refere que a orientação sexual é determinada na fase pre-natal. Outra teoria defende que esta é determinada depois do nascimento, por factores ambientais. Em qualquer dos casos, a orientação sexual é estabelecida numa idade muito precoce. 

5.A orientação sexual de um individuo pode ser alterada?

Considerando que a homossexualidade é apenas uma das variações do comportamento sexual, uma pergunta mais correta será: "Os homossexuais devem mudar? E se sim, porque?". Estudos sobre o assunto mostraram que as tentativas para mudar a orientação sexual de alguém são correntemente mal sucedidas e muitas vezes levam a uma depressão agravada, e ao suicídio.
As estatísticas mostram que a maioria dos homossexuais não vêem nenhuma razão para mudar. Muitos, no entanto, referiram que aceitar a sua orientação sexual foi um processo difícil devido ao preconceito com que os homossexuais e lésbicas se têm de confrontar. Peritos em Ciências Sociais já começaram a estudar os efeitos do stress que advém deste tipo de preconceito. 

6.Quantos homossexuais e lésbicas existem?

Embora os números variem, alguns estudos estimaram que 10 por cento da população é lésbica ou homossexual numa parte significante das suas vidas. É difícil determinar as percentagens exatas devido ao fato de muitos daqueles que temem o preconceito esconderem a sua orientação sexual. 

7.Os homossexuais e lésbicas são facilmente identificáveis ?

Alguns homossexuais e lésbicas poderão ser para ti facilmente identificáveis mas, contrariamente a crendice popular, a maior parte dos homossexuais e lésbicas não se distinguem das outras pessoas. Não existe um único estilo de vida homossexual ou lésbico. As lésbicas e homossexuais têm os mais diversos estilos de vida e trabalham em todas as ocupações, vivendo em qualquer parte do pais e mundo. homossexuais e lésbicas podem ser solteiros ou casais comprometidos; podem ser urbanos, suburbanos ou rurais; negros, latinos, asiáticos e brancos. 

8.Que tipo de emprego têm os homossexuais?

Lésbicas e homossexuais trabalham em todas as ocupações, e fazem parte de uma grande variedade de profissões.
Muitas lésbicas e homossexuais tomam precauções por forma a não revelar a sua orientação sexual, pois mesmo o seu eficiente e efetivo desempenho profissional não são garantia contra a hostilidade e preconceito. Por essa razão poderemos não observar nos chamados empregos tradicionais uma grande evidencia de homossexuais e lésbicas, pois não sentem segurança para se assumirem. Por exemplo, homossexuais e lésbicas fazem parte das Forças Armadas, apesar de existir uma firme posição oficial de discriminação contra eles. Em muitos países não é ilegal discriminar com base na orientação sexual. 

9.Os homossexuais e lésbicas estão sujeitos a discriminação ?

Como muitos outros grupos que são entendidos como "diferentes", os homossexuais e lésbicas estão sujeitos a incompreensão e preconceito. Chamando pelos seus nomes, hostilidade, perseguição, violência física e discriminação no emprego e em casa são algumas das formas como os homossexuais e lésbicas são erradamente tratados. 

10.A homossexualidade é uma doença mental?

Não Em 1973 a resolução seguinte foi aprovada pelo Conselho de Administração da Associação Psiquiátrica Americana: "A homossexualidade, per se implica que não haja prejuízo em julgamento, estabilidade, segurança ou capacidades sociais ou vocacionais em geral. Mais ainda, exortamos todos os profissionais em saúde mental a que tomem a iniciativa de remover o estigma da doença mental associada a uma orientação homossexual."
Em muitas sociedades, a homossexualidade é considerada muito normal. Este era o caso da Antiga Grécia e Roma (ambas durante o seu apogeu e declínio), ocorre em muitas culturas Nativas Americanas (onde lésbicas e homossexuais são influentes lideres tribais e religiosos), e é o de muitas sociedades de hoje em dia, tais como a Holandesa, Dinamarquesa, Sueca e Tailandesa. 

11.Os homossexuais são molestadores de crianças?

A pedofilia, atracão sexual por crianças, nunca deve ser confundida com homossexualidade. Muitos estudos têm documentado o fato de que esmagadora maioria dos molestadores de crianças são homens heterossexuais. 

12.Os homossexuais são promíscuos?

Não necessariamente. Muitas lésbicas e homossexuais são solteiros, e muitos têm relacionamentos de longa data. Num estudo efetuado as diferenças existentes na promiscuidade sexual eram entre homens e mulheres, independentemente da sua orientação sexual. As lésbicas e mulheres heterossexuais são mais inclinadas a estar emocionalmente comprometidas antes de chegarem a uma intimidade sexual. Os homossexuais e homens heterossexuais, por outro lado, geralmente evidenciam menos envolvimento emocional antes de chegar a intimidade sexual. 

13.Os relacionamentos entre adultos e adolescentes do mesmo sexo poderão levar a homossexualidade?

Não. Este medo das amizades intimas, particularmente entre homens ou rapazes, tem tido efeitos negativos no bem estar mental e no relacionamento destes entre si. Demonstrações de afeto entre homens são habituais em muitas culturas do mundo. é também muito comum expressar-se amor e afeição por membros do mesmo sexo entre homens e mulheres heterossexuais. 

14.A homossexualidade é contra a religião?

Muitas das religiões do mundo não condenam de todo a homossexualidade. Na tradição Judaico-Crista, teólogos e estudiosos da Bíblia continuam a discordar nas seis passagens da Bíblia que tem sido usadas para condenar o comportamento homossexual. 

15.Será a AIDS uma doença Gay?
Não. A AIDS não é uma doença "espalhada" pelos homossexuais. O vírus da SIDA transmite-se pelo contacto homossexual e heterossexual desprotegido sem os devidos cuidados do sexo seguro. (A partilha de seringas também o pode transmitir.) Em África, o contato heterossexual desprotegido é a forma mais comum de contrair o vírus. Segundo as últimas informações, as Lésbicas são o setor da sociedade que menor risco corre na infecção do HIV, não querendo com isto dizer que estão livres de infecção.

Fonte: Ilga Portugal

Nenhum comentário:

Postar um comentário