quinta-feira, 26 de julho de 2012

Minha vida, sua vida: NOSSOS SONHOS!


 
Nossa! Que saudade...Unf!
É bem provável que a maioria não entenda os meus motivos para sumir repentinamente, e infelizmente deixar o blog desatualizado.
A quase um mês estou morando com a Bia, e estou vivendo minha tão sonhada "lua de mel"...kkkkkkk
Troquei a minha inseparável saudade, por muito amor ao vivo e a cores... rs!
E realmente eu tenho muito a escrever. Os assuntos estão todos aqui guardadinhos na minha cabeça esperando uma "brecha" para chegar até o papel pelo menos.
A verdade é que escrever é praticamente um desabafo, na maioria das vezes coloco pra fora pensamentos e opiniões que jamais disse a alguém, mas que consigo expor de melhor forma quando escrevo.
Esse assunto de hoje talvez seja uma ligação ao momento que estou vivendo, digamos que uma auto avaliação, mas já digo de contra partida que isso foi completamente involuntário, porém algo que de modo geral sempre observei em mim e nas pessoas...OS SONHOS!
Estava eu indo de encontro a um dos meus sonhos (buscar a Bia em Curitiba) na noite do dia 6 de junho, enquanto coincidentemente dentro do ônibus que eu estava de viagem estava passando o filme Em busca da felicidade, com Will Smith. Pra quem já assistiu, acompanhou um grande exemplo de perseverança baseado em uma história real.
Mas o filme mostra um pouco de onde quero chegar com esse papo de SONHOS...
Os sonhos entre casais!
Percebo que hoje as pessoas desistem de grandes amores facilmente por ambos não cederem aos sonhos um do outro, ou por não se encaixarem.
A verdade é: SONHOS DEVEM SER COMPATÍVEIS!
Mas como assim???
É natural que um casal quando se conhece e se apaixona, ambos abrem mão de alguns interesses para estar mais tempo perto.
Por exemplo: Muda o horário da academia, deixa de ir ao futebol, se afasta um pouco dos encontros semanais com as amigas, diminui ou acaba de uma vez por todas com as horas extras no trabalho, dá um "cano" na faculdade de vez em quando.
Tudo isso para ficar mais tempo perto e demonstrar interesse nesse amor.
É natural que começamos a dividir nosso tempo com a pessoa amada, e isso pode parecer até fácil no começo, mas a longo prazo requer uma maturidade muito grande de ambos os lados para que as coisas deem certo e que finalmente um sonho se encaixe no outro.
Imagine você passar a semana procurando um pacote de férias para fazer uma viagem romântica com seu amor, a sua intenção é esperar até a viagem para dizer que acha que chegou a hora de darem um passo importante no relacionamento.
O fim de semana chega, e quando você finalmente toma coragem para falar da surpresa para as férias, seu amor lhe aborda antes e te dá uma grande surpresa: -Ah amor, eu resolvi que vou cursar a faculdade na Flórida, só assim posso conseguir um estágio já praticando o inglês e blá blá blá, blá blá blá....
A essa altura você já está com náusea só de ouvir e as palavras vão se misturando, e tudo que pode ver é a pessoa que você ama mexendo a boca para falar dos sonhos dela sem te incluir em nenhum momento.
Enquanto você pensava em planos pra vocês, ela pensava no que seria bom para ela, e provavelmente nem se quer pensou que ficariam longe, ou no que seria do amor de vocês vivendo em toda essa distância por pelo menos 4 anos.
É meu amigo...DOÍ!
Não quer dizer que devemos abrir mão do que queremos...
Muito pelo contrário, se pretendemos de verdade seguir até o fim com alguém, os sonhos sempre serão primordiais para que tudo se realize e finalmente possam construir o futuro juntos.
Mas é bem difícil trilhar um caminho parecido.
O primeiro passo é criar prioridades. Para isso é necessário avaliar com maturidade se a sua relação é um amor verdadeiro, alguém que você gostaria de passar o resto da sua vida.
Se não for bem isso...PARE JÁ!
Perder tempo com uma pessoa que o máximo que você planeja é ir na festa do sábado, ou se acostumou, ou sua família adora...NÃO É AMOR!
Os nossos planos sempre devem incluir a carreira profissional, um amor verdadeiro e a família.
Você nunca se sentirá completo se sentir que um desses três fatores acima ainda não estão presentes na sua vida.
Você pode ser o melhor profissional da sua área, mas é solteiro, e não fala com seus pais a anos...Você não é feliz.
Você encontrou o amor da sua vida, mas não se imagina trabalhando 15 horas por dia para finalmente comprar uma casa. Ou ainda acha seu trabalho "um saco" e não ganha o que acha que merece...Você não é feliz.
Se o AMOR é prioridade na sua vida, imagino que já tem o trabalho dos seus sonhos e sua família está sempre ao seu lado lhe apoiando.
Se não é bem assim, então o melhor a fazer é encaixar todas as suas prioridades em um único sonho.
Uma relação deve ter como base o diálogo, e quando esse amor é verdadeiro nos importamos e muito com os sonhos da outra pessoa, e isso acaba tornado-se um sonho pessoal para ver a felicidade da outra pessoa.
Um sonha com uma casa própria, o outro acha que está perfeito morar nos fundos da casa da sogra...Alguém tem que ceder, e é o diálogo que terá o poder de compartilhar os mesmos sonhos.
Não podemos também ser radicais em relação as nossas buscas...
Com o tempo, a troca de experiências e a maturidade natural da lei da vida, as pessoas crescem e podem sim encontrar sensatez no seus sonhos e ajudá-lo a construir.
Tenho um casal de amigos que quando se conheceram ela era recepcionista de um consultório médico e ele gerente de uma banco. Ela nunca se quer sonhou em cursar faculdade, estava feliz com seu trabalho, com o que ganhava. Já ele, apesar de gerente, cursava a segunda faculdade, passava noites estudando e repentinamente fazia cursos aos fins de semana.
Começaram a namorar, embora ele nunca se importou com a diferença profissional, com o passar do tempo ela percebeu que seria importante partilharem dos mesmos sonhos, afinal ela fazia questão que em tudo houvesse esforço dela também, já que estavam planejando o casamento.
O que aconteceu???
Ela entrou na faculdade, não implicava mais com o tempo que ele gastava estudando, começou a trabalhar como estagiária e logo depois foi efetivada.
Compraram apartamento, cada um tem seu próprio carro, casaram e são os pais dos gêmeos mais lindo que eu já vi.
Viu????O amor transforma...Mudamos atitudes, opiniões e conceitos, simplesmente pela vontade de doar mais a uma relação.
Já em controversa, tive um casal de amigos que namoraram muito tempo. Conheceram-se na escola, logo depois ela começou a fazer faculdade, tinha um bom trabalho, seu próprio carro.
Já ele contava com a mesada da mãe até pra ir ao cinema.
O que aconteceu???
Ele foi trocado por um colega de trabalho bem sucedido...
Não quer dizer que não era verdadeiro, mas que ela tinha como prioridade alguém que tivesse os mesmos sonhos, lutasse por um futuro melhor, etc.
Sonhos devem ser levados a sério, da mesma maneira que levamos um trabalho, onde é necessário levantar cedo, fazer horas extras e levar trabalho pra casa...
O mesmo devemos fazer com os sonhos...Trabalhar neles, fazer alterações se necessário, investir, mas desistir...NUNCA.
Quando conheci a Bia morávamos a 460km de distância.
Planejamos durante horas a fio uma maneira de encurtar essa distância dentro de 6 meses...
Seis meses se passaram e lá estavam os tais 460km.
Então, mudamos os planos e colocamos um prazo de mais 6 meses...
Um ano desde que nos conhecemos se passaram e lá estavam os 460km.
O que estaria faltando??? 
Começamos a trabalhar duro nesse sonho...
Cortei gastos (praticamente todos), pedimos ajuda, choramos, quase desistimos...
Mas descobri que não era um plano nosso...Era de Deus.
Então investido pesado e sem determinar data ou prazo, exatos 6 meses depois...CONSEGUIMOS!
Ainda falta muito a ser conquistado, mas devagar, com calma, e agora juntas, parece que tudo está acontecendo naturalmente, sem desespero.
Nesse tempo conheci muitos casais que namoravam a distância. Um deles ficavam sem se ver meses com o propósito de economizar, passavam-se 3 meses e o que guardavam de dinheiro??? Nada.
Porque???? O amor deve ser alimentado.
É como ir a igreja, vamos durante 4 meses consecutivos, de repente não vamos mais, o que acontece? A nossa fé passa de quente para morna, e de morna para fria e quando vemos o cansaço já dispensa até as orações antes de dormir.
Esse casal não traçava uma linha de chegada até esse sonho, pensavam que de fato precisariam de dinheiro para estar juntas, mas nunca definiram em qual cidade, em que ano, etc.
O que aconteceu???
Terminaram, a relação foi como não ir a igreja...Esfriou.
Os sonhos de um casal por mais simples que sejam, como escolher o nome dos filhos, a cor da decoração, a marca do carro, casa ou apartamento, entre outros milhares que somos capazes de fazer, cada um dentro das suas atuais e futuras condições, devem existir e serem levados a sério.
Não é o tempo que determina, é a força de vontade.
Não importa se namoraram 10 anos para casar, ou conheceram-se mês passado e se casam semana que vem...
Importa o quanto cada um está disposto a doar para que essa relação de certo, sem que um ou o outro desista de seus sonhos, ou ainda menos que desistam dos sonhos que fizeram juntos.
Os sonhos de uma pessoa pode ser fácil, mas quando juntado com o de mais uma, pode existir desencontros, cansaço e até mesmo desistência por parte de alguém...
O que era amor, pode se tornar uma barreira de empecilho para a chegada até um sonho.
Então, calma, respira fundo, faça um planejamento, use papel se necessário, crie metas... 
Mas, acima de tudo:
-Importe-se.
-Lute.
-Ceda.
-Ajude.
-Compartilhe.
E NÃO DESISTA!

Eu nunca sei o que me impulsiona a escrever sobre determinados assuntos, mas a verdade é que na maioria das vezes acaba ajudando alguém e até a mim mesma...
Tudo que eu desejo é que cada um possa encontrar um amor de verdade e que sonhar seja só o primeiro passo para que cheguem a todas as suas realizações.

Grande Beijo Bia Shimu

8 comentários:

  1. Gostei muito do que disse: "Importa o que cada um esta disposto a doar para que a relação dê certo.' simplesmente, perfeito isso!!!

    ResponderExcluir
  2. Bom Dia Meinas !
    impossivel nao se emocionar :)
    Linda a Historia de vcs .
    Desejamos td a felicidade do mundo ao casal que agora estao grudadinhas :)
    Bom fim de semana
    Jo,Mi e Princesinha M.Julia

    ResponderExcluir
  3. Nossa parabénssssss, Que Deus abençoe está união cada dia mais e mais, Desejo td de master pra vcs... fiquei muito feliz em saber da união de vcs, vcs merecem de verdade viver este amor, e nanar juntinho não tem preço conchinha é conchinha rs!!! meninas de verdade td de bom msmo pra vcs e p crianças o que vcs vão viver agora é único e simplesmente perfeito, respeitando sempre acima de td!!! bjokas Li, Ju e Marquinhos :)

    ResponderExcluir
  4. Bom dia,
    já viu post novo???
    http://arainhadobaile.blogspot.com.br/2012/08/mais-um-ano-se-passou.html
    E agora estou com novo projeto, conto com sua presença lá também.
    http://www.youtube.com/user/sheocanal/videos
    Bitokas da Queen

    ResponderExcluir
  5. Inspiração - Vocês!
    Que toda a felicidade do mundo, permaneça dentro de vocês, que esse amor não tenha fim nunca, parabéns família!!!
    Sorte nessa nova jornada, fé nos sonhos...
    Bjks.

    ResponderExcluir
  6. Suas palavras eram o que eu estava precisando para dar o próximo passo.
    Obrigada.
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. não conheço vcs pessoalmente mas pelo que demonstram, acho qque o amor de desse casal é de outras vidas um amor bonito, puro é muito lindo parabéns abraços

    ResponderExcluir
  8. Olá, primeira vez no teu blog e confesso que, após um tour completo, adorei! Tenho 25 anos e com muitas dúvidas na cabeça, as quais, quem sabe, um dia serão sanadas. Mas o intenção é comentar teu post, adorei! Concordo plenamente contigo, tudo é uma questão de alimentar, seja o sonho, o amor, o respeito, a fé... Quando deixamos de acreditar em algo, tudo começa a ser menos importante.
    Li a história de vocês e percebo que souberam, e muito bem, alimentar o sonho e o amor que sustentava e sustenta tudo. Parabéns!

    ResponderExcluir